FANDOM


A Invasão dos Profanadores de Sepultura é uma Missão .


Pegando a missão

Fale com Becky Gorr em [-1,-13] no Cemitério de Astrub.
Diálogo

Desde a aparição dos Natanmortos, trabalho é o que não falta. Com todos os corajosos que sucumbiram diante do exército da Irmandade, este cemitério voltou a ter vida! Quer dizer, isso é maneira de falar, claro... Aqui, sou eu que cuido das covas, da vigilância e da manutenção. Então, toque com os olhos, ou envio você para sete palmos debaixo da terra...

  • Conter um arrepio e garantir que não vai tocar em nada.

Eita, não faça essa cara: enquanto você andar na linha, não acontecerá nada com você! Mas tome cuidado com os monstros que povoam este lugar: são criaturas mágicas que protegem as tumbas há centenas de anos, mas às vezes, elas tendem a ser zelosas demais. Falando nisso, e se você me desse uma mãozinha?

  • Aceitar ajudar.

Geralmente, as Gárgrulas e os Nojosos têm um papel importante no cemitério. Na verdade, eles são criaturas noturnas, mas a magia que lhes dá vida os obriga a protegerem as tumbas ali ao redor. Mas, há alguns dias, essas criaturas estão atacando os turistas e aventureiros de passagem, sem razão aparente. Gostaria que você desse uma volta no cemitério para acalmar as criaturas raivosas e, se possível, encontrar a fonte dessa agressividade repentina.

  • Pôr-se a caminho.

Etapa 1: A invasão dos profanadores de sepulturas

Becky, a coveira do cemitério de Astrub, está preocupada: várias tumbas foram saqueadas de forma misteriosa.
  • Encontre a Gárgrula enfurecida [-3,-12]
  • Derrote 1x Gárgrula enfurecida em um único combate [-3,-12]
Outros jogadores podem participar da batalha.
  • Examine as tumbas [-3,-12]
Clique na tumba mais a esquerda.
Diálogo

Essa tumba foi revirada há pouco tempo. O profanador não deixou nenhuma pista...

Outros jogadores podem participar da batalha.
  • Examine as tumbas [-1,-14]
Clique na tumba.
Diálogo

Essa tumba foi revirada há pouco tempo. O profanador não deixou nenhuma pista...

Outros jogadores podem participar da batalha.
  • Examine as tumbas [0,-13]
Clique na tumba.
Diálogo

Essa tumba foi revirada há pouco tempo. Você percebe que um pedaço de tecido ficou preso na lápide.

Você vai receber 1 Tecido Rasgado.
Diálogo
  • Anunciar que você acalmou as criaturas enfurecidas.

Perfeito, obrigada, (seu nome)! Espero que eles não tenham lhe dado muito trabalho. Você conseguiu encontrar indícios sobre a origem da agressividade repentina deles?

  • Responder que sim e anunciar que você encontrou várias tumbas profanadas.

Estou entendendo melhor... Isso certamente explica por que os monstros estão com raiva. Quer dizer que temos alguém que conseguiu enganar minha vigilância e a dos monstros. Devemos encontrá-lo e tirar-lhe o gosto de estragar as tumbas! Você tem uma ideia de onde esse salafrário está escondido?

  • Mostrar com orgulho o tecido rasgado.

Excelente trabalho. Vou entregar a você Finney, meu Awaw de guarda, para ajudá-lo. Tente encontrar a pista do profanador, talvez ele tenha deixado outros vestígios para trás. Estou contando com você, ele não deve fugir sem ter experimentado minha pá! *faz uns malabarismo perigosos com a pá e quase deixa você sem um braço*

  • Esquivar-se por um triz e sair atrás de uma pista.
  • Leve Finney com você para seguir a pista do profanador [-1,-13]
Fale com Finney para que ele o acompanhe.
  • Volte com Finney à tumba onde você encontrou a pista [0,-13]
Diálogo

Finney cheira o pedaço de pano, hesita um pouco e aponta a cabeça para o sul.

  • Siga a direção indicada por Finney [0,-12]
Diálogo

Finney cheira o pedaço de pano, hesita um pouco e aponta a cabeça para o sul.

  • Siga a direção indicada por Finney [0,-11]
Diálogo

Finney cheira o pedaço de pano, hesita um pouco e aponta a cabeça para o leste.

  • Siga a direção indicada por Finney [1,-11]
Diálogo

Finney começa a farejar com mais convicção, dá três voltas e aponta a cabeça para a entrada de uma cripta.

  • Examine a cripta indicada por Finney [1,-11]
Clique na grade da cripta a esquerda do mapa. Ela estará trancada.
Diálogo
  • Declarar que você seguiu a pista e falar da cripta suspeita.

Uma cripta suspeita? Então, o profanador estaria escondido lá dentro, bem debaixo do meu nariz... Quanta imprudência! Como guardiã do cemitério, tenho um molho que abre todas as grades. Vamos encontrá-lo a todo custo! Deixe Finney aqui e encontre-me na frente da cripta.

  • Deixar Finney para trás a contragosto e seguir Becky.
  • Encontre Becky na frente da cripta [1,-11]
  • Fale com Becky Gorr novamente [1,-11]
Diálogo

Prontinho! Agora, vamos ver se vai abrir... Ótimo, deu certo. Eu vou na frente!

*Quando você começa a seguir Becky, a grade se fecha entre vocês e impede completamente a passagem, mesmo com o molho de chaves*

  • Perguntar que malefício é esse.

Parece um dispositivo especial para pegar intrusos. Em todo caso, eu estou do lado de dentro e você, do lado de fora. Nosso suspeito é precavido... Mas deve ser possível contornar o mecanismo. Vá à minha cabana e pegue minhas ferramentas de arrombamento! Vou descer à cripta para fazer o reconhecimento. A gente se encontra lá embaixo!

  • Partir rapidamente para a cabana de Becky.
  • Vá à cabana de Becky [-2,-14]
  • Pegue as ferramentas de arrombamento [-2,-14]
Entre na cabana e clique na caixa.
Você vai receber 1 Material de Arrombamento de Becky.
  • Volte à cripta [1,-11]
  • Fale com: Finney [1,-11]
Diálogo

*Assim que você chega, Finney corre e tenta puxar sua perna. Ele parece estar querendo levar você até a cripta. Você tenta chamar Becky, mas não recebe nenhum resposta.*

  • Ir em direção à grade.
  • Tente abrir a grade com as ferramentas [1,-11]
Clique na grade.
Diálogo

Com as ferramentas que trouxe, você acaba dando um jeito de arrombar o mecanismo que bloqueava a grade. Ela se abre com um rangido e lhe dá passagem.

Diálogo

Hum, minha cabeça... Quem é que... Oi, (seu nome), até que enfim você chegou! Enquanto eu esperava você, um homem chegou de surpresa e me deixou desacordada. Na verdade, era vários, ao contrário do que se pensava inicialmente. Eles me amarraram e prenderam aqui... Veja o que eles guardaram na cripta: cadáveres mumificados, armas e objetos de valor. Eles não são só profanadores, mas também saqueadores de tumbas. É uma vergonha, tudo isso vai acabar no mercado negro se não os determos. Ei, ei, ei! Você poderia me desamarrar em vez de ficar admirando a decoração?

  • Correr para soltar Becky.

Eles vão voltar de uma hora pra outra, eu os vi conversando agora há pouco. Infelizmente, não posso combater no estado em que estou... Vamos sair rapidamente daqui!

  • Ajudar Becky e dirigir-se para a porta.
Diálogo

Então é você quem ajuda a coveira a meter o nariz nos nossos negócios? Devo admitir que você se vira bem, pois conseguiu descobrir nosso esconderijo apesar da nossa discrição. Nem mesmo os monstros do cemitério tinham nos encontrado. *Dá uma gargalhada maquiavélica*

  • Observar que saquear tumbas não é uma técnica muito boa para passar despercebido.

*Engasga* Aham, você deve ser só um pouco mais observador do que a média, só isso... Mas não tem importância, você não sairão daqui vivos. Esta tumba será sua! Camaradas, peguem-nos! Caramba, esperem... Vejam isso!

  • Notar a chegada de várias criaturas do cemitério e aliar-se a elas para combater os ladrões.
Diálogo

*Cof cof* Desta vez fomos vencidos... Quem diria que as criaturas do cemitério se juntariam a você para vingar os espíritos dos mortos de quem havíamos aberto as tumbas? Não importa, teremos nossa revanche... *começa a rir de maneira diabólica*

  • Chamar os profanadores de fracotes enquanto eles fogem e esquecem o espólio.
Diálogo

Por essa eu não esperava! Eu disse que essas criaturas eram benéficas para o cemitéio, mas elas salvaram a nossa vida. Mas você também se virou bem. Obrigada, (seu nome). Sem você, o cemitério teria sido completamente saqueado e destruído. Estou lhe devendo uma. Vou tratar de pôr isso em ordem novamente, você já fez muito. Boa sorte, e que os esíritos estejam com você!

  • Desejar-lhe boa sorte e ir embora.

Recompensas

Sucessos relacionados

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.