Wikia Dofus
Advertisement
Resumo da Missão
Iniciando Fale com Emici Tupaque em [-19,-22]
Nível necessário
Pré-requisitos Nenhum
Nível da missão 70
Recompensas XP baseada no nível (Max: 434,329), 6,280 Kamas, 1 Tecido de Foxfaiter
Itens necessários Nenhum
Sequência Nenhum
Repetitiva Não

Quiproquó é uma missão.


Pegando a missão[]

Fale com Emici Tupaque em [-19,-22] nas Estradas Rochosas.
Diálogo

Estou surpreso que você ainda esteja com os bolsos cheios... Nossa palavra de ordem aqui é livrar os viajantes das riquezas deles. Você deve ser mais esperto do que parece.

  • Saber mais sobre ele.

Eu sou um dos tenentes que coordenam os ataques dos vigaristas. Até que somos bem organizados, mas às vezes nossas pilhagens não dão em nada. Recentemente, uma de nossas expedições fracassou de forma lamentável. A responsável pela missão de interceptação ainda não voltou para entregar o relatório.

  • Continuar ouvindo.

Consegui algumas informações com um dos meus outros bandidos na área. Nós pensamos que encontraríamos pedras preciosas, já que o comboio seria conduzido por comerciantes de minérios, mas só havia livros nas carroças. Essa missão foi uma catástrofe: perdemos nosso tempo, e, para piorar, ainda tenho que lidar com essa história de pessoa desaparecida.

  • Oferecer-se para encontrar a desaparecida.

Você faria isso? É muita gentileza sua. Comece inspecionando o local do ataque um pouco mais ao sul, tenho certeza de que é uma boa pista inicial. O carregamento ficou no local.

  • Ir para o sul.

Etapa 1: Quiproquó[]

Estranhas e principalmente hostis, as criaturas das Estradas Rochosas estão a serviço dos 3 Bandidos de Cania. Um dos tenentes, Emici Tupaque, é responsável por manter a ordem na área. Uma das funções dele é coordenar os ataques dos Vigaristas aos comboios que passam pelas Estradas Rochosas.
  • Descubra o mapa: Local de interceptação do comboio [-18,-17]
  • Inspecione o local do incidente
Clique na carroça branca.
Você vai receber 1 Pergaminho Brakmariano.
Diálogo
  • Falar sobre a caixa vazia e o pedaço de pergaminho.

Pelo visto, o conteúdo da caixa interessava a alguém... Talvez seja por isso que a Cindy não apareceu depois da operação. Ela deve ter enfrentado um contra-ataue no momento da pilhagem ou então nos traiu e recuperou uma mercadoria de valor por conta própria.

  • Chamar a atenção para o selo de Brakmar no pergaminho.

O comboio deve ter alguma ligação com a biblioteca de Brakmar, o que explicaria todos aqueles livros. O bibliotecário Damacho Seadis deve estar a par da situação. Isso é tudo o que sei, pois pensei que encontraria tesouros nas caixas, não pilhas de livros inúteis! Vou ficar com eles mesmo assim, podem servir para nivelar mesas capengas.

Diálogo
  • Falar sobre o comboio que transporta os livros.

Contanto que falemos sobre isso sem gritar! Você veio me anunciar a chegada dele?

  • Explicar a situação.

É lamentável. Aquele comboio estava transportando muitos livros raros até Astrub. Mas não posso dizer mais nada a respeito. É confidencial.

  • Perguntar do que se trata.

Não! Não direi nada.

  • Ameaçar gritar.

Tá bom, tá bom... não precisa ir logo engrossando! Temos como objetivo construir uma biblioteca em Astrub. Entretanto, o projeto é confidencial, pois a nossa colaboração vai muito além do que as tensas relações entre as autoridades brakmarianas e o conselho de Astrub permitem. O transporte dos livros foi feito secretamente para não chamar a atenção. Portanto, não temos a menor possibilidade de pedir ajuda oficialmente para recuperar todos os livros perdidos.

  • Continuar ouvindo.

O mais sensato seria, em primeiro lugar, avisar o meu colega de Astrub para que ele saiba o que aconteceu no caminho. E talvez encontre uma solução ou uma forma de reaver os livros.

  • Aquiescer e ir embora.
Diálogo

Olá! Estou só de passagem, estou esperando alguém.

  • Explicar a situação do comboio interceptado.

Entendo... Que situação chata. *visivelmente nervoso* O comboio estava transportando obras valiosas, é uma perda inestimável! Acho que só me resta alertar as autoridades... ou não.

  • Falar sobre o projeto secreto de biblioteca.

Ah... *envergonhado* Você está sabendo. Então, assim como eu, está ciente de que não há nada a fazer. Se os vigaristas se apoderaram dos livros, ninguém nos ajudará a recuperá-los.

  • Mostrar o pergaminho.

Eu não faço ideia do que se trata. E olha que eu fui até lá pessoalmente para escolher as obras que seriam transportadas. Se houvesse entre elas um pergaminho contendo informações importante, eu saberia.

  • Ir embora.
Diálogo

Eu vi você falando com o bibliotecário. Você me parece interessado demais por um simples carregamento de livros...

  • Mostrar o pergaminho.

Onde o encontrou? Isso não é seu! *arranca o pergaminho das suas mãos com violência* Ele e tudo o que estava sendo transportado junto com ele estava endereçado a mim...

  • Tentar extrair dele mais informações.

A caixa vazia que você encontrou continha apenas uns livros ordinários para esse projeto ridículo. Nós usamos esse comboio para transportar discretamente alguns documentos sobre o contrabando brakmariano. Como Brakmar está fechada para qualquer tipo de troca com as outras cidades, o surgimento do contrabando é algo normal. E é uma atividade muito lucrativa.

  • Continuar ouvindo.

Os documentos roubados detalhavam o conteúdo das mercadorias de contrabando, assim como os horários e passagens de todos os comboios. A perda desses documentos é catastrófica.

  • Perguntar quem pode ser o responsável.

Os vigaristas costumam saquear as estradas. Eles devem ter levado os documentos. Aposta que foi nossa infiltrada que nos traiu. A responsável pelo ataque estava conosco, e o trabalho dela era garantir que os vigaristas não colocariam as mãos no carregamento. Ela até enviou uma mensagem para confirmar a passagem do comboio.

  • Perguntar onde encontrá-la.

Ela deve estar bem escondida agora... Mas sei que ela costuma se esconder perto de onde ficava o antigo claustro dos Blops, antes que as criaturas se refugiassem na região do lago. Talvez você possa encontrá-la ao sul do maciço das Estradas Rochosas.

  • Descubra o mapa: Esconderijo da Cindy Crawfox
Ela fica em [-25,-17]. Se você já tiver concluído a missão "Shushu e Lulu", fale com Fer Hovia em [0,-18] para usar a diligência e ir para a Baía de Cania.
Iniciará uma batalha após o diálogo. Outros jogadores podem participar da batalha.
Diálogo

Eu pensei que poderia descansar tranquilamente se me afastasse da estrada... Pelo visto estava enganada.

  • Exigir os documentos roubados.

Não sei do que você está falando. Além de me perturbar durante minha soneca, ainda me acusa injustamente. Você vai se arrepender!

  • Partir para o ataque.
  • Derrote 1x Cindy Crawfox em um único combate
  • Fale com: Cindy Crawfox
Diálogo
  • Exigir novamente os documentos.

Eu já disse que eles não estão comigo! Quem dera fosse o caso... Todos os meus problemas desapareceriam. Eu não traí os comerciantes brakmarianos. Acontece que o comboio evitou o local onde iríamos interceptá-lo, então eu enviei uma mensagem para informar os contrabandistas.

  • Continuar ouvindo.

Só que, um pouco mais à frente, um vigarista saqueador lançou um ataque imprevisto e levou os documentos. Obviamente eu não podia impedi-lo, pois isso colocaria meu disfarce em risco.

  • Continuar ouvindo.

Agora estou com medo de ter sido descoberta pelo nosso chefe, então vou ficar escondida aqui até a poeira baixar um pouco... Mas você poderia ir recuperar os documentos! Eu conheço bem o ladrão. Ele é um Kanigre chamado Genghis e costuma frequentar um pequeno acampamento ao pé das colinas.

  • Aceitar.
Diálogo

Grrgrau. O que você quer?

  • Exigir os documentos localizados atrás dele.

De que documentos está falando? Hi hi. Eu não vi nada.

  • Apontar o dedo para os documentos.

Tá de brincadeira? Não vou entregá-los a você de bandeja. Tenho que levá-los para os meus... como direi... clientes. Uma gorda recompensa me espera.

  • Ameaçar queimá-los.

Mas que crueldade! De qualquer maneira, já li e memorizei todos, você não pode tirar isso de mim. Pode ficar com eles, não preciso mais.

  • Compreender que o Genghis Khani é um grande covarde e pegar os documentos.
Diálogo
  • Informá-lo sobre o que você descobriu.

Quem imaginava que um simples carregamento de livros seria tão cobiçado? Eu já perdi todas as esperanças de recuperar minhas obras. É o fim do meu projeto de biblioteca.

  • Prometer que ele receberá os livros de volta.

É mesmo? Que maravilha, muitíssimo obrigado! Astrub poderá ter uma biblioteca digna deste nome... Um dia, quem sabe.

  • Ir embora.
Diálogo
  • Falar sobre Cindy Crawfox.

Ah, então você a encontrou! Como assim, agente dupla? Que traiçoeira! Quando eu colocar as mãos nela... Aquela víbora não só vai se arrepender disso, como também vai revelar informações suficientes para que eu possa acessar todos os comboios de contrabando.

  • Propor uma troca dos documentos de contrabando pelo carregamento de livros.

Caramba, só vejo vantagens para mim... Eu aceito sua generosa oferta. Passe os documentos para cá. Você pode recuperar os livros quando quiser. Não precisa duvidar da minha palavra. Mentirosa e vira-casacas não se tornam tenentes dos vigaristas.

  • Entregar os documentos.
Diálogo
  • Dar a boa notícia.

Você encontrou meus livros? É incrível!

  • Dizer o lugar em que o carregamento de livros pode ser encontrado.

Obrigado. Vou avisar agora mesmo meus colaboradores para que possamos ir buscá-los. Muito obrigado.

  • Ir embora.

Recompensas[]

Sucessos relacionados[]

Advertisement