Wikia Dofus
Advertisement
Resumo da Missão
Iniciando Fale com Skola Suk em [14,-55]
Nível necessário 60
Pré-requisitos Nenhum
Nível da missão 80
Recompensas XP baseada no nível, 7,980 Kamas, 1 Areia Fina
Itens necessários 5 Água Potável, 1 Poção Água de Fada
Sequência O Rei Escorpião
Repetitiva Não

Especiaria Especial é uma missão.


Pegando a missão[]

Fale com Skola Suk em [14,-55] no Porto de Saarrakech.
Diálogo

A gente se acostuma rápido com o calor. O mais difícil de suportar é a aridez. Desde a minha chegada, venho constatando mais acidentes causados pela desidratação do que por encontros infelizes: as pessoas são pegas de surpresa com facilidade.

  • Conversar sobre os motivos da presença dele.

Sou curandeiro voluntários e, pode crer, não dá tempo de ficar entediado. Não tem nada a ver com um hospital de campanha, é claro. Aqui não há enfermeira de minissaia nem mutilado de guerra agonizando no meio de um sofrimento atroz. Há, principalmente, vítimas de imprudência, por falta de preparo adequado ou conhecimento suficiente do terreno, nada alarmante.

  • Perguntar se os talentos dele não seriam mais úteis em outro lugar.

Para dizer toda a verdade, (seu nome), eu sou discípulo de Otomai. Sim, sei o seu nome: suas proezas chegaram aos meus ouvidos. Não precisa ficar com o rosto todo vermelho assim, não estou fazendo alusão aos micos que você já pagou nos prostíbulos e tabernas. Um amigo me avisou da sua chegada e me deu a sua descrição.

  • Espantar-se com toda essa atenção dispensada a você.

Vou direto ao ponto: sob a fachada das minhas atividades de curandeiro, Otomais me enviou a Espetárida para vigiar as operações da Corporação Guardafrasco. Suspeitamos que ela seja responsável por experiências extremamente duvidosas, e Otomais deseja saber mais sobre o interesse que ela demonstra pela Especiaria.

  • Perguntar o que você tem a ver com isso.

Estou chegando lá. Preciso de uma pessoa experiente para abordar os membros da corporação e obter o máximo de informações possível em campo prático. Minhas capacidades são muito limitadas fora das habilidades de cura, e, além disso, quero evitar chamar a atenção.

  • Saber mais sobre a proposta.

Vamos supor que você aceite trabalhar para Otomai. Precisaria descobrir o avanço das pesquisas sobre Especiaria efetuadas pela corporação, bem como as intenções que a movem. Não estou pedindo para você fazer nada que possa colocar a sua vida em perigo. Não corra nenhum risco de forma irresponsável, não vale a pena!

  • Aceitar se colocar a serviço de Otomai.

Eu lhe agradeço, (seu nome), você faz jus à sua reputação. Um dos meus pacientes me contou que Idarfen Madjika, responsável pelo armazém de Espetárida, contrata aventureiros para realizar diferentes missões. Fale diretamente com ele e não se esqueça de me pôr a par das suas descobertas.

Etapa 1: Especiaria especial[]

Você aceitou informar um discípulo de Otomai sobre as atividades da Corporação Guardafrasco ligadas à Especiaria.
Diálogo
  • Oferecer seus serviços.

Antes de lhe atribuir a primeira tarefa, fale-me mais sobre as suas habilidades.

  • Contar as suas proezas.

Chega! Já ouvi o suficiente. Não vamos passar o dia falando sobre isso... Vá falar com Bárbarra Kis, responsável pela colheita e pelo transporte da Especiaria. Ela vive reclamando da falta de mão de obra.

Você vai receber 1 Insígnia de Saarrakech.
Diálogo
  • Explicar que foi Idarfen Madjika quem enviou você.

Contratar você como operário seria uma perda de tempo. Pelo seu jeitão, você tem a maior pinta de estar acostumado com encontros que acabam mal. Já que por enquanto nenhum comboio está previsto para partir, sugiro que você vá encontrar Bashar Daukar, a menos que já o tenha encontrado. Ele saberá tirar proveito das suas competências.

  • Ir ao encontro de Bashar Daukar.
Diálogo
  • Explicar que foi Bárbarra Kis quem enviou você.

Dê uma voltinha para eu ver. Hummm, acho que você dá para o gasto! Relataram-me agora há pouco o bloqueio de um comboio perto do armazém. Ele está cercado por Leopienas, e eu preciso de qualquer pessoa capaz de manejar uma arma para tirá-lo dessa enrascada.

  • Voluntariar-se.

Dá para ver o comboio da beira do armazém. Corra para lá e leve companheiros - ajuda nunca é demais.

  • Descubra o mapa: Comboio atacado [15,-59]
  • Fale com: Marco Lheita [15,-59]
Diálogo

Ficar bloqueado tão perto do armazém por causa de meras Leopienas é muito azar...

  • Perguntar como essas criaturas conseguiram bloquear o comboio.

Sofremos um ataque de Cacterras. Os guardas os botaram para correr, mas eles conseguiram roubar uma parte das nossas reservas de água. Como os guardas estão morrendo de sede e ainda não se recuperaram dos ferimentos, mal estão conseguindo manter as Leopienas à distância.

  • Botar as Leopienas para correr.
  • Esperar outros reforços.
  • Bote as Leopienas para correr [15,-59]
Iniciará uma batalha contra 8 Leopiena Faminta. Outros jogadores podem participar da batalha e atualizar a missão ao mesmo tempo. Fale novamente com o Marco Lheita depois de derrotá-las.
Você vai receber 1 Olho Vidrado de Leopiena.
Diálogo
  • Mostrar o caminho livre.

Estou vendo, louvado seja você! Provavelmente não haverá mais problema para chegar ao armazém agora.

  • Ir embora.
Diálogo
  • Contar como foi o combate contra as Leopienas.

E daí, você quer uma medalha? O importante foi ter permitido que o comboio trouxesse Especiaria. Não há espaço para proezas pessoais! Portanto, vá dar uma volta para que os seus tornozelos tenham tempo de desinchar.

  • Aproveitar o descanso para falar com os membros da corporação.
  • Interrogue os membros da Corporação Guardafrasco
Fale com Bárbarra Kis em [14,-56].
Diálogo
  • Conversar sobre as experiências da Corporação Guardafrasco.

Aqui, praticamente só trabalhamos com a Especiaria. Ela é composta por inúmeros ingredientes, e nem todos foram identificados. Alguns deles são sal, areia, excrementos de origem desconhecida e polpa petrificada de Cacterra. Obviamente, a base é a pimenta Espetárida, que crescia na natureza, mas parece ter desaparecido por completo.

  • Continuar a conversa.

O grau de pureza da Especiaria varia de forma quase imperceptível. Entretanto, percebemos uma diferença ínfima entre a Especiaria obtida no litoral e a colhida no interior do território dos Cacterras. Mas é tão insignificante que não muda em nada o efeito.

  • Ir embora.
  • Interrogue os membros da Corporação Guardafrasco
Fale com Carlos Darvin em [14,-56].
Diálogo
  • Conversar sobre as experiências da Corporação Guardafrasco.

Aparentemente, o consumo regular de Especiaria não provoca nenhuma consequência negativa nos Cacterras. Entretanto, não se pode dizer o mesmo dos outros seres vivos. De acordo com os nossos testes, ela é tóxica para a maioria dos animais do deserto, menos os escorpiões, que parecem ser capazes de assimilá-la.

  • Continuar ouvindo.

Nós, os dozeanos, só suportamos a Especiaria em quantidades muito pequenas, então é bom tomar cuidado com a dose. É verdade que ela tem virtudes estimulantes fora do comum, mas, como todo estimulante, é preciso consumir com moderação.

  • Agradecer as informações detalhadas.

De nada. Agora, quando estiver com as energias lá embaixo ou sentir uma moleza, você já sabe o que fazer.

  • Interrogue os membros da Corporação Guardafrasco
Fale com Spice Pimienta em [15,-57] (dentro do banco).
Diálogo
  • Conversar sobre as experiências da Corporação Guardafrasco.

Durante uma tentativa de aumentar a quantidade e qualidade da produção, pressionados por alguns clientes conhecidos e teoricamente entendidos da questão, nós, cientistas, fomos levados a trocar de tarefa uns com os outros. A maioria de nós foi parar em postos que não correspondiam à nossa formação.

  • Continuar ouvindo.

Resultado: não só os prazos foram desrespeitados, como também o produto final se mostrou em total desacordo com a sua função, além de ser extremamente poluente. Isso nos fez perder um ano de pesquisa e vários clientes, levou à contaminação de um lago numa montanha e do vale ao pé dela, bem como à extinção de inúmeras espécies animais e vegetais.

  • Tentar interromper a tagarelice.

Tudo isso para dizer que as tarefas de cada agente da corporação são atribuídas em função das suas aptidões, e nenhum tem liberdade para intervir na área de outro sem autorização. Só sendo muito imbecil para achar que dá resultado mandar um Arcaólogo fazer experiências com as soluções instáveis de um alquimista.

Diálogo
  • Informar-se sobre a Especiaria.

Nossos detratores nos acusam de esconder imensas reservas de Especiaria e só vender uma mixaria. Que eles fiquem à vontade para virem aqui ver a que ponto é difícil colher nem que sejam apenas alguns grãos. Já que tocamos no assunto, Benedita Gesses está esperando o relatório de um entomologista que foi estudar escaravelhos no deserto.

  • Continuar ouvindo.

Bento Mologia devia ter entregado seu relatório há vários dias, mas, que eu saiba, não voltou mais para o armazém. Aproveite essas oportunidade de ir bater perna.

  • Ir atrás do entomologista.
Ele está em [19,-60].
Diálogo

Minha garganta está seca, não estou conseguindo respirar direito... meu cérebro está queimando. Estou vendo a horrível Wendy Goo se debruçando acima do meu leito... pronto, estou tendo alucinações...

  • Aproximar-se do infeliz.

Ah! Uma garrafa! Vou abri-la... Cadê o meu saca-rolhas?

  • Tentar fazê-lo mudar de ideia.

O pior inimigo de um viajante do deserto não são as tempestades de areia; não é o calor infernal que se abate sobre sua cabeça, levando consigo sua lucidez; não são as miragens traiçoeiras de flores e água, que decepcionam esperanças: o pior inimigo de um viajante do deserto é o álcool!

  • Perguntar o que a mãe dele diria se o visse nesse estado.

Ma... mãe... Buááááá! Eu fiz dodói, e você não está aqui para cuidar de mim.

  • Ir em busca de algo que possa curá-lo.
Diálogo
  • Força-lo a beber para dar uma revigorada nele.

Aaaaahhh... Obrigado, você salvou a minha vida! Como posso lhe prover minha gratidão?

  • Fazer perguntas sobre o trabalho dele.

Descobri que o processo de criação da Especiaria estaria ligado a um minúsculo escaravelho com mandíbulas de ouro que vive na areia do deserto. Ele seria um dos raros insetos que suportam a autêntica pimenta Espetárida.

  • Continuar ouvindo.

Esse escaravelho, capaz de percorrer grandes distâncias, seria o principal responsável pela dispersão de Especiaria pela superfície árida da ilha. É primordial informar Benedita Gesser sobre as minhas descobertas.

  • Descobrir mais a respeito da Benedita Gesser.

Uma mulher muito inteligente essa Benedita Gesser, além de ser especialista em várias áreas, pelo que dizem. É diretora das pesquisas sobre a Especiaria, as quais ela supervisiona nos laboratórios do continente. Chega de papo! Você pode me acompanhar até Saarrakech?

  • Garantir o retorno dele.
Diálogo
  • Anunciar o salvamento de Bento Mologia.

Você se acostumou rápido, (seu nome). Reconheço nisso habilidades dignas de um verdadeiro aventureiro. O seu corpo provavelmente interessaria a alguns dos teóricos da evolução da corporação. No que me diz respeito, você é mais útil para mim aqui do que dentro de um laboratório. Venha falar comigo novamente mais tarde. Vou dar um jeito de explorar o seu potencial depois de tratar as questões mais urgentes.

Diálogo
  • Fazer um relatório sobre a Especiaria.

Você tem uma baita memória! Nada a ver com a dos astrubianos que vêm refrescar o traseiro nas praias da ilha de Otomai. Estou feliz em ver você com saúde, mas não se esqueça de andar sempre com água suficiente e evitar sair nas horas em que o sol está a pino.

  • Prometer que vai tomar cuidado.

Você se saiu bem até agora, então proponho que continue trabalhando para a corporação. Quanto mais o responsável do armazém confiar em você, mais você saberá sobre as tramoias de seus funcionários. Pelo menos, é o que eu espero.

Recompensas[]

Sucessos relacionados[]

Advertisement