Wikia Dofus
Advertisement
Resumo da Missão
Iniciando Fale com Sargento Raskzac em [2,2]
Nível necessário 110
Pré-requisitos Nenhum
Nível da missão 130
Recompensas XP baseada no nível, 19,480 Kamas, 25 Oricor, 5 Bolsa de Kartush, 1 Gancho enferrujado
Itens necessários Nenhum
Sequência Tropas Dimensionais
Repetitiva Não

Devo, Não Nego é uma missão.


Pegando a missão[]

Fale com Sargento Raskzac em [2,2] nas Vielas dos Canais Keleto.
Diálogo
  • Perguntar como você pode provar a sua determinação.

Acha que é capaz de nos ajudar? Quem decide isso sou eu. Para começar, vou lhe dar uma missão bastante simples. Dependendo de como se sair, decidirei o que vou fazer com você.

  • Ouvir os detalhes da missão.

O agente Imbale está recrutando candidatos para a fanfarra da Ordem dos Viajantes. Não sei ao certo quem lhe deu autorização para isso, mas essa não é a questão. O problema é que ele não deu mais notícias e estou começando a ficar preocupado. Vou indicar o local onde ele está fazendo os testes. Vá até lá e me faça um relatório.

  • Aceitar.

Já deveria ter ido!

Etapa 1: Devo, não nego[]

O agente Imbale precisa da sua ajuda.
Diálogo
  • Perguntar por que ele não deu notícias ao sargento Raskzac.

Era o que eu estava indo fazer quando vi aqueles Malevigiantes ali. Eles pararam quando você chegou, mas como estão carregando os fuzis e desembainhando as armas, acho que não vão nos deixar ir embora. Dois contra oito... vai ser complicado.

  • Aguardar a chegada dos Malevigiantes.
  • Correr atrás de reforços.
Iniciará uma batalha contra 8 Malevigiantes.
O Agente Imbale lutará ao seu lado. Ele é um Sadida nível 130 com 2700 de HP. Se ele morrer, você perderá a luta. Outros jogadores podem participar da batalha e atualizar a missão ao mesmo tempo.
Você vai receber 1 Manchas Detinta.
Diálogo
  • Perguntar se ele sabe o que os Malevigiantes queriam.

Não faço a menor ideia. Eu deveria ter aceitado a proteção deles quando me ofereceram, em troca de algumas dezenas de milhares de kamas. Não posso lhe pedir que pague no meu lugar, mas você poderia pegar emprestada a quantia necessária com os citadinos, por tempo indeterminado. Tenho certeza de que esses Malevigiantes não vão me deixar fazer as audições enquanto não recebem seus kamas.

  • Pegue alguns kamas emprestados com os habitantes de Sramvil por tempo indeterminado
Fale com Lukas Tellan em [8,4] e ele te dará um Saco de kamas.
Fale com Aladinice em [6,2] e ele te dará um Saco de kamas.
Clique na bolsa de kamas em [8,3].
Lukas Tellan
Diálogo

Está vendo os raios no céu? Um dia, eu conseguirei roubá-los e me tornarei um deus também.

  • Oferecer-se para roubá-los e entregá-los a ele em troca de uma grande quantia de kamas.

Tá bom! Vá buscar os raios enquanto eu pego as minhas economias.

  • Pedir um adiantamento para pagar as despesas de logística.

só tenho essa bolsa de kamas comigo. Acha que é o suficiente?

  • Dizer que sim, pegar a bolsa e ir embora, rindo da ingenuidade do pré-adolescente.
Aladinice
Diálogo

Onde foi que aquele tapete estúpido se meteu? Nunca aparece quando preciso dele. Como vou fazer pra transportar esses sacos de kamas até os Cumes Tenebrosos sem acabar quebrando um osso? Tenho quase certeza de que vou encontrá-lo fazendo bagunça com o meu Nomoon de novo.

  • Apontar para o céu, fingindo ter visto o tapete para desviar a atenção do Aladinice e roubar um dos sacos.

Onde? O céu está escuro, não vejo nada.

  • Balbuciar uma desculpa qualquer e ir embora carregando o saco.
  • Suborne a milícia de Sramvil
Pague o Malevigiante turbulento em [9,3] para que ele deixe o agente Imbale em paz.
Pague o Malevigiante à espreita em [7,2] para garantir que o agente Imbale fique seguro.
Pague o Malevigiante arrogante em [6,1] para proteger o agente Imbale.
Malevigiante turbulento
Diálogo

Ei, me diz um insulto, qualquer um. Anda, não tenha medo! Só quero uma desculpa pra arrancar um dos seus membros.

  • Implorar para que ele deixe o agente Imbale em paz.

Por que eu faria isso? Desde que ele se instalou aqui no bairro, todos os aprendizes de músicos vêm fazer audição com seus violinos desafinados, seus trombones entupidos e suas percussões em pele falsificada de Milobo.

  • Entregar uma grande bolsa de kamas em troca da tranquilidade do agente Imbale.

Pensando bem, talvez eu possa aturar os músicos por mais alguns dias. Mas ele tem que dar o fora assim que terminar o recrutamento, entendido?

Malevigiante à espreita
Diálogo

Vou deixar uma coisa bem clara: eu controlo tudo o que se passa por aqui, então basta dar um passo em falso para que eu te encha de balas.

  • Sugerir que ela faça o mesmo com quem tentar atacar o agente Imbale.

Eu tenho que manter a tranquilidade do bairro. Esse seu agente foi acusado de poluição sonora e pertubação da ordem pública.

  • Entregar um grande saco de kamas em troca de sua proteção.

No entanto, eu ainda tenho que verificar as acusações antes de poder entrar com uma ação legal contra ele. Até lá, seu agente não precisará temer represálias.

Malevigiante arrogante
Diálogo

Poucos Malevigiantes são capazes de manejar dois sabres simultaneamente tão bem quanto eu. Nem falo nada sobre aquele pessoal do Mundo dos Dize, que mal sabe usar garfo e faca.

  • Perguntar como ele conseguiu atingir tal nível de maestria.

Nós, Milimestres, somos formados pelos maiores cozinheiros cortadores de sushi. Eu, pessoalmente, costumo praticar com os intrusos e os malas sem alça para manter meu nível.

  • Oferecer alguns kamas em troca da proteção do agente Imbale.
Diálogo
  • Tranquilizá-lo e dizer que a questão dos Malevigiantes foi resolvida.

Se eu entendi bem, posso continuar a fazer minhas audições sem perigo? Que maravilha! Acha que pode conseguir uma garantia para o meu cochilo da tarde também?
Não? Tudo bem, você já me fez um favor enorme. Vá pôr o sargento a par da situação Ele ficará contente ao saber que em breve teremos uma fanfarra digna deste nome.

Diálogo
  • Fazer um relatório a respeito da situação do agente Imbale.

Claro, fico contente ao saber que meu agente está bem e que você está envolvido em sua proteção. No entanto, se eu tivesse escolha, preferiria que essa história da fanfarra nunca tivesse existido. Mas fazer o que, ordens são ordens. Já que está aí, aproveito para lhe pedir outro favor: vá ver a Xindia Zoiopreto e diga a ela que a nossa Ordem aceita sua proposta de trégua. Eles deixam nossos assuntos em paz e nós paramos de correr atrás deles.

Clique na caveira abaixo da chama azul. Veja a imagem
Xindia Zoiopreto (acesso)

Acesso a Xindia Zoiopreto

Diálogo

Como representante de Rahtanax, o chefe da guilda dos ladrões do Morte-ao-Kwan, estou muito ocupada. O que você quer?

  • Falar sobre a trégua.

Bem, eles aceitaram. Muito bem, meus lacaios estão cansados de não poder andar livremente pela cidade e cumprir nossas tarefas cotidianas. Ratanaz ficará satisfeito.

  • Pedir mais informações sobre os roubos.

Nossos faz-tudos reciclam chaves enferrujadas e as usam para fazer gazuas. Depois, eles as distribuem entre os nossos ladrões para arrombarem as fechaduras da cidade e saquearem seus baús. De vez em quando, eles podem ser presos pelos Malevigiantes, mas a pena por furto é insignificante comparada ao lucro que se pode ter.

Recompensas[]

Sucessos relacionados[]

Advertisement