Wikia Dofus
Advertisement
Resumo da Missão
Iniciando Fale com Xindia Zoiopreto em [5,-2]
Nível necessário 160
Pré-requisitos Nenhum
Nível da missão 180
Recompensas XP baseada no nível, 35,960 Kamas, 40 Oricor, 5 Veneno de Perfidaranha, 1 Gancho enferrujado
Itens necessários Nenhum
Sequência Nenhum
Repetitiva Não

A Morta Adela é uma missão.


Pegando a missão[]

Fale com Xindia Zoiopreto em [5,-2] nos Cumes Tenebrosos.
Diálogo

Como representante de Rahtanax, o chefe da guilda dos ladrões do Morte-ao-Kwan, estou muito ocupada. O que você quer?

  • Oferecer ajuda.

Por que eu precisaria da sua ajuda, quando eu poderia simplesmente contratar um dos assassinos da guilda? Hmmm, pensando melhor, eu tenho, sim, um trabalho para você. Dessa forma, não precisamos envolver a guilda. Uma tal de Adele está causando problemas ao meu chefe, e ele gostaria que ela simplesmente desaparecesse da sociedade. Isso está ao seu alcance?

  • Aceitar.

Ela costuma ficar lá no distrito dos Conquistadores. Seja eficiente.

Etapa 1: A morte Adela[]

Você foi contratado pela Xindia Zoiopreto para uma simples missão de assassinato.
Ela está em [2,6].
Diálogo

Quem poderia imaginar que a vida eterna seria tão chata? Acredite, ser um fantasma não é nada divertido.

  • Distraí-la antes de assassiná-la friamente.

O que está tentando fazer com essa arma atravessando no meu corpo? Não me diga que está tentando pôr fim aos meus dias... Sinto lhe informar, mas alguém já deu um jeito nisso antes de você, com três séculos de antecedência. Os objetos me atravessam como se eu não existisse. O lado bom é que eu posso atravessar as paredes, mas paradoxalmente, não posso passar através do chão. Não é estranho?

  • Concordar que é realmente estranho.

Esta habilidade é ao mesmo tempo uma dádiva e uma maldição. Não posso tocar nada e, durante um tempo, me contentei em ser uma mera espectadora dos acontecimentos. No entanto, descobri uma maneira de matar o tédio da minha existência ao mesmo tempo em que influencio o mundo ao meu redor: me tornei espiã e ofereço os meus serviços a quem pagar mais.

Diálogo
  • Comentar que o alvo já está morto.

Eu sei, estou contratando você para matar uma coisa que já está morta. Não vou fazer todo o trabalho para você! Vá falar com a Madame Loseil e peça a ajuda dela para encontrar uma solução.

Diálogo
  • Explicar seu problema.

Eu não posso fazer nada se você molha a cama à noite. O que você quer que eu diga? Já tentou amarrar uma garrafinha lá embaixo?

  • Explicar seu outro problema.

Algo que já morreu pode ser morto usando a magia contida nas cinzas funerárias. Com o ritual certo, deve funcionar. Há várias urnas nas Catacombras, sirva-se.

Diálogo
  • Mostrar as cinzas funerárias.

E o que eu ganho se ajudar você?

  • Dar um beijo nela.

Não precisava... Demonstrações de afeto são uma coisa rara, cara e perigosa em Sramvil. Por ora, espalhe estas cinzas em torno do morto e recite o encantamento: adhadda kedhabhra!

Diálogo
  • Espalhar as cinzas e recitar o encantamento.

Sinto um cheiro de morte no ar... Que estranho, há séculos eu não tinha essa sensação. Parece até... cheiro de pé. Ah, é você! Há quanto tempo não toma banho? Você devia se divertir menos e passar mais tempo cuidando do seu corpo. Vá por mim, digo isso por experiência própria.

Diálogo
  • Anunciar que o ritual foi um fracasso.

Depois que você saiu, minha bola de cristal revelou uma cena estranha: era em um labirinto, e eu vi um espectro lutando contra um Muminotor com armas espectrais. Talvez essa seja a solução para o seu problema. Eu não sou ferreira, mas conheço alguém que pode ajudar você: o necromante Diferro. Até onde sei, ele estaria escondido em algum lugar nas Catacombras.

Entre no bueiro em [4,8] e clique na bomba dentro da caixa no canto direito do mapa para abrir uma passagem secreta.
Diálogo
  • Explicar seu problema.

Eu não vou falar de derrapagens...
É claro que o ritual falhou. Você acha mesmo que eu teria compartilhado todos esses detalhes com qualquer um? Não, claro que não, eu gosto de ver jovens bancando aprendizes feiticeiros e falhando miseravelmente. Você quer causar uma lesão duradoura a um morto? Traga-me os ossos de cadáveres assassinados e um elixir espectral.

Clique no grande osso apoiado na caixa para receber 1 Osso quebradiço.
Clique no balde com ossos para receber 1 Osso elástico.
Clique no osso do chão para iniciar uma batalha contra 1 Chafer Rary. Ele é um Chafer Draugur nível 180. Não é possível que outros jogadores participem da batalha.
Você vai receber 1 Osso mastigado.
Diálogo
  • Perguntar quanto custa um elixir espectral.

Pelo menos, você sabe o que quer. Eu fiquei com um em minhas mãos durante anos e nunca consegui vender. Se você quiser mesmo, é seu. Fica de presente.

  • Aceitar.

Obrigada, você acaba de me tirar um peso enorme das costas. Eu não podia me livrar desse objeto amaldiçoado, exceto se eu o desse a alguém que o solicitasse explicitamente. Agora o problema é seu. Você terá o prazer de descobrir a maldição dele nos próximos dias.

Você vai receber 1 Elixir espectral.
  • Leve os ingredientes para o Diferro [4,8]
Diálogo
  • Mostrar os ingredientes.

Também preciso de um elixir espectral. Eles são difíceis de encontrar, porque qualquer um que o tenha prefere levar essa informação para o caixão. Vou usar tudo isso mais tarde, aqui estão as adagas efêmeras. Elas vào lhe permitir matar um cadáver ou fantasma de uma vez por todas, mas essa ação vai destruí-las ao mesmo tempo. Escolha o seu alvo com cuidado.

Você vai receber 1 Adagas efêmeras.
Diálogo
  • Explicar o destino que a aguarda.

Acha que eu tenho medo? O único medo que eu conheço desde que morri é o que sinto pelos outros, principalmente quando não posso fazer nada para ajudar quando acontece alguma coisa. Você não faz ideia de como é frustrante não poder ajudar fisicamente as pessoas. No entanto, hoje em dia, isso também não passa de uma velha lembrança. Eu vi as pessoas que eu amava definharem... ao menos as que não foram vítimas de uma morte violenta. Me sinto tão só... O que você pretende fazer será uma libertação para mim.

  • Perguntar por que ela não contrata alguém para fazer as coisas por ela.

Após o meu primeiro século de não vida, eu fiz a experiência. Encontrei uma pessoa disposta a fazer as coisas por mim. Foi legal no início, mas acabei cansando depois de apenas algumas décadas. Também experimentei a possessão de um corpo, mas o resultado foi meio decepcionante. As sensações não eram realmente as minhas e, quando eu olhava o meu reflexo, era o de outra pessoa. Vamos terminar logo com isso!

  • Fincar as adagas efêmeras em seu coração.
Diálogo
  • Anunciar que a Adela está definitivamente morta.

Todos os membros da guilda falharam nesses últimos quarenta anos. Como você conseguiu? Qual é o seu segredo?

  • Explicar que o talento não se explica.

Como queira. O mais importante é que Ratanaz ficará muito contente. Pegue o seu pagamento e suma daqui, eu não quero que facções rivais saibam do meu envolvimento na morte da espiã favorita deles.

Recompensas[]

Sucessos relacionados[]

Trívia[]

  • O nome da missão é um trocadilho com "mortadela".
Advertisement